Logotipo MiudosSegurosNa.Net

Minimizar Riscos, 
Maximizar Benefícios. 

Bandeira de AngolaBandeira do BrasilBandeira de Cabo VerdeBandeira da Guiné-Bissau
Bandeira de MoçambiqueBandeira de PortugalBandeira de São Tomé e PrincípeBandeira de Timor Leste
Subscreva a Newsletter
[MiudosSegurosNa.Net]

> Definir Homepage
> Adicionar a Favoritos
> Imprimir Esta Página
> Recomendar Página
> Ligue-se a Nós!
> Artigos Para o Seu Site
> Donativos

ARTIGOS DE OPINIÃO - 2006 - MARÇO
Internet, Segurança e Espaços Públicos
Por Tito de Morais

Com o final do primeiro trimestre chega também ao fim o segundo período lectivo das escolas portuguesas. Durante este período das férias da Páscoa, muitas crianças e jovens que não dispõem de acesso à Internet em suas casas, vão fazê-lo a partir de uma multiplicidade de locais públicos.

Durante este primeiro trimestre do ano, por vezes sinto-me um pouco como o "caixeiro-viajante" da segurança na Internet. Com a diferença que não vou vender nenhum produto. Apenas sensibilizar famílias, escolas e comunidades para a segurança online dos mais novos. De Janeiro a Março deste ano participei como orador/formador convidado em cerca de vinte acções de sensibilização sobre a segurança online de crianças e jovens. Organizadas por associações de pais, federações concelhias de associações de pais, bibliotecas municipais, escolas públicas e privadas dos diversos níveis de ensino, sindicatos de professores, dioceses, etc. e apoiadas por câmaras municipais, juntas de freguesia e empresas, estas acções, levaram-me a locais como Sintra, Valongo, Portimão, Guarda, Lisboa, Caldas da Rainha, Porto, Matosinhos, Torres Novas, Castelo Branco e à região autónoma dos Açores (ilha do Pico, Faial e São Miguel). De todos os locais que visitei e de todas as pessoas com quem falei, resultaram inúmeras histórias que, de alguma forma, aproveitarei para abordar assuntos relacionados nos próximos artigos.

Famílias, Escolas e Comunidades
Em todas estas acções sublinho que a segurança online dos mais novos, depende muito deles, mas depende sobretudo do envolvimento das suas famílias, das escolas que frequentam e das comunidades em que se inserem. E isso é tão mais verdade numa altura em que os miúdos vão entrar de férias, ficando tradicionalmente mais entregues a si próprios. E é nestas alturas que as comunidades em que todos nos inserimos têm uma oportunidade de mostrar o seu melhor.

O Papel da Comunidade
Como disse acima, neste período de férias muitos miúdos que não dispõem de acesso à Internet em suas casas, irão recorrer a espaços públicos que oferecem acesso gratuito à Internet, tais como bibliotecas, mediatecas, lojas jovem, espaços Internet, centros paroquiais, centros comunitários, associações culturais e recreativas, etc. Este período de férias para os estudantes é uma excelente oportunidade destes espaços mostrarem o seu melhor. Esta é uma excelente oportunidade de fazerem algo mais do que simplesmente oferecerem acesso gratuito à Internet. A organização de acções de formação que, para além das competências básicas habituais, sensibilizem as crianças e os jovens para os riscos a que podem estar expostos online e para as soluções de que dispõem para minorar esses riscos é uma das formas que estes espaços dispõem para mostrar o seu interesse em proteger os mais novos, desempenhando um importante papel social na comunidade em que se inserem e que servem. A organização de actividades lúdicas e educativas, como caças ao tesouro, rally papers através da Internet (ou Net Papers, se preferirem) que abordem o tema da segurança online dos mais novos é outra forma de melhor servirem as suas comunidades. Levarem a efeito de acções de sensibilização sobre este tema, que incluam seminários, conferências ou até acções de carácter mais prático tais como workshops ou ateliers, são também uma possibilidade. E algumas destas acções podem não só abranger os jovens, como os seus pais e educadores. Esta é também uma excelente oportunidade que estes espaços atraírem até si faixas da população que tradicionalmente não os frequentam. Estou a pensar em acções para pais sobre o tema da segurança online dos mais novos. Estou a pensar em sessões de iniciação para idosos. Estou a pensar também em actividades que estimulem a utilização dos computadores e da Internet em conjunto. Seja em grupos de crianças e jovens, seja pais com filhos, avós com netos, ou até, porque não actividades que envolvam estas três gerações.

Uma Sugestão
Eis uma sugestão: visite um dos espaços públicos acima referidos na área da sua residência e informe-se sobre se oferecem este tipo de actividades. Poderá esperá-lo uma agradável surpresa. Tomei conhecimento recentemente de um caso, sobre o qual procurarei escrever brevemente, de um espaço Internet que aos sábados de manhã organiza cursos de formação para pais sobre a segurança online dos mais novos. Caso não seja esse o caso, use este artigo para sugerir este tipo de actividades à biblioteca, mediateca, loja jovem, espaço Internet, centro paroquial, centro comunitário, associação cultural ou recreativa que os seus filhos frequentam na área da sua residência. Provavelmente já não será nestas férias que essas actividades se organizarão, mas pelo menos não terão desculpa para não o fazerem nas férias de verão.

A terminar, deixo-lhe uma nota positiva demonstrativa das preocupações sociais de uma escola, que, mesmo durante o período de férias escolares mantém as portas da sua biblioteca abertas, de forma a permitir aos seus alunos que não dispõem de acesso à Internet em casa continuarem a aceder, mesmo durante este período de férias.



Artigos Anteriores:
> Blogs, Photoblogs, Comunidades & Segurança
> Promover a Segurança, Mas Responsavelmente
> BotNets, Uma Ameaça Crescente
> "Blogatona" Por Uma Internet Mais Segura
> "Estão Mexendo no Meu Bolso!"

Rotulado com ICRA - Internet Content Rationg Association
| Início | Recursos | Sobre | Mapa do Site |
                                                 © 2003-2006, Tito de Morais. Todos os Direitos Reservados.