Logotipo MiudosSegurosNa.Net

Minimizar Riscos, 
Maximizar Benefícios. 

Bandeira de AngolaBandeira do BrasilBandeira de Cabo VerdeBandeira da Guiné-Bissau
Bandeira de MoçambiqueBandeira de PortugalBandeira de São Tomé e PrincípeBandeira de Timor Leste
Subscreva a Newsletter
[MiudosSegurosNa.Net]

> Definir Homepage
> Adicionar a Favoritos
> Imprimir Esta Página
> Recomendar Página
> Ligue-se a Nós!
> Artigos Para o Seu Site
> Donativos

ARTIGOS DE OPINIÃO - 2005 - FEVEREIRO
SeguraNet, Nó Nacional Para a Segurança na Internet
Por Tito de Morais

A semana passada, referi aqui a InSafe, a rede Europeia de centros nacionais de sensibilização para a segurança Internet, coordenado pela European Schoolnet e co-financiado pelo Programa da Comissão Europeia Safer Internet. Hoje venho falar-vos do SeguraNet, o nó nacional deste projecto.

Aprovado e financiado pelo Safer Internet Programme da União Europeia, o projecto SeguraNet tem como objectivo a criação de um nó nacional para a segurança na Internet que articulará a sua actividade com a rede europeia Insafe e com outras redes/organizações nacionais que se dedicam à promoção da sensibilização da utilização segura da Internet e de outras novas tecnologias.

A Coordenação da Rede
O projecto SeguraNet é coordenado Ministério da Educação, através do GIASE, entidade que também é responsável pelo programa Nónio. O programa Nónio coordena uma rede de 19 centros de competência que apoiam a integração pedagógica das tecnologias de informação nas escolas. Destes, 19 centros de competência, quatro são parceiros do projecto SeguraNet. Localizando-se em diferentes partes do país, permitirão a disseminação da informação a nível nacional.

Minho
O Centro de Competência Nónio da Universidade do Minho tem apoiado muitos projectos escolares no norte do país. A principal contribuição para este projecto consistirá na avaliação e validação dos produtos resultantes do projecto nas escolas, assim como na avaliação da campanha de sensibilização.

Aveiro
O Centro de Competência Nónio da Universidade de Aveiro, também tem apoiado muitos projectos escolares no centro do país. O seu principal contributo para este projecto consistirá na produção e distribuição de conteúdos.

Évora
O Centro de Competência Nónio da Universidade de Évora tem apoiado igualmente muitos projectos escolares no sul do país. A principal contribuição para este projecto consistirá na pesquisa de informação relacionada com os desafios e riscos da Internet para crianças e jovens, desenvolvimento de actividades pedagógicas para alunos/estudantes sobre os benefícios e riscos da Internet, para o que contribuirá o trabalho já desenvolvido no domínio da segurança online dos mais novos.

Algarve
O Centro de Competência Nónio da Educom é uma associação de professores de todos os níveis de ensino (básico, secundário e superior), investigadores e educadores que promovem a utilização e a dissiminação das tecnologias de informação como um recurso educativo. Baseado na Universidade do Algarve, já participaram como parceiros no Educaunet, outro projecto financiado pelo Safer Internet Programme.

Primeiro Desafio: Falta de Informação
No seu primeiro encontro, que teve lugar em Janeiro de 2005, os parceiros deste projecto identificaram a necessidade imediata de obter mais informação sobre os problemas de segurança Internet em Portugal. De facto, este é um tema que não tem recebido muita atenção em Portugal onde, pelo menos ao nível institucional o foco tem na promoção das vantagens pedagógicas das novas tecnologias de informação e comunicação. No entanto, dado o acesso generalizado às novas tecnologias de informação e comunicação, existe a preocupação e exigem-se medidas preventivas. Mas levando em consideração a falta de dados, estudos ou inquéritos a nível nacional sobre a segurança na Internet, os parceiros do projecto SeguraNet decidiram levar a efeito, tão cedo quanto possível, um questionário online destinado às escolas. Simultaneamente, cada parceiro pesquisará quaisquer estudos existentes sobre o assunto, reunindo-se assim tanta informação quanto possível.

Parceiros Informais
Para além das parcerias formais acima referidas, espera-se que o projecto SeguraNet venha a ser apoiado por uma série de parceiros informais que em breve serão convidados e incluem operadores de serviços Internet, associações de protecção da menores, associações de pais, empresas de software, comunicação social, etc. Desta forma, não só se alarga o leque de contribuições para o projecto, como também se alarga o debate.

Logotipo do jornal A Capital
in Info&Net, A Capital, Lisboa, 11 de Fevereiro de 2005



Artigos Anteriores:
> 8 de Fevereiro: Dia Por Uma Internet Mais Segura
> Fotos Íntimas, Devassa e Difamação
> Martin Luther King, Jr. e o Ódio na Internet
> Tsunami, Logros e Fraudes na Internet
> O Tsunami da Internet

Rotulado com ICRA - Internet Content Rationg Association
| Início | Recursos | Sobre | Mapa do Site |
                                                 © 2003-2005, Tito de Morais. Todos os Direitos Reservados.