Logotipo MiudosSegurosNa.Net

Bandeira de AngolaBandeira do BrasilBandeira de Cabo VerdeBandeira da Guiné-Bissau
Bandeira de MoçambiqueBandeira de PortugalBandeira de São Tomé e PrincípeBandeira de Timor Leste
Subscreva a Newsletter
[MiudosSegurosNa.Net]

> Definir Homepage
> Adicionar a Favoritos
> Imprimir Esta Página
> Recomendar Página
> Ligue-se a Nós!
> Artigos Para o Seu Site
> Donativos

ARTIGOS DE OPINIÃO - 2004 - JANEIRO
Canadá Ensina Crianças a Navegar em Segurança
Por Tito de Morais

Imagem do site da campanha canadiana 'Be Web Aware'O que outros países, que não Portugal, têm estado a fazer no sentido de promover a sensibilização e a educação para uma utilização segura e responsável das novas tecnologias de informação e comunicação por parte de crianças e jovens? Hoje falamos do Canadá.

No artigo anterior contrastei a apatia que se verifica em Portugal relativamente à problemática da segurança das crianças e dos jovens online com a dinâmica do Dia Europeu Por Uma Internet Mais Segura que no próximo dia 6 de Fevereiro de 2004 será celebrado em dez países da União Europeia (Dinamarca, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Espanha, Suécia, Reino Unido), e ainda, Islândia, Noruega e Austrália. Portugal pontua pela não adesão a esta iniciativa. Eventualmente por, segundo alguns órgãos de comunicação social, para a mesma altura ter estado prevista a comemoração de uma Semana da Banda Larga. Todavia, parece-me que, com a retirada do IOL e do Clix deste mercado, acabaremos por comemorar nem uma coisa nem outra!

Polémicas à parte, em próximos artigos irei abordar o que outros países, que não Portugal, têm estado a fazer no sentido de promover a sensibilização e a educação para uma utilização segura e responsável das novas tecnologias de informação e comunicação por parte de crianças e jovens. Começarei pelo Canadá.

Uma campanha está actualmente a decorrer no Canadá, no sentido de sensibilizar os pais e as crianças canadianas a protegerem-se enquanto navegam na Internet. Criada por uma aliança de empresas e organizações não governamentais, a campanha envolve empresas de telecomunicações, a Associação Canadiana de Operadores de Serviços Internet, a Associação Canadiana de Bibliotecários, cadeias e produtoras de televisão, operadores de cabo, empresas de software e muitas outras organizações. Este tipo de envolvimento, reforça o que já aqui afirmei. A segurança de crianças e jovens online implica uma abordagem em diversas frentes. Mas o que motiva todo este envolvimento?

De acordo com a Media Awareness Network, os miúdos canadianos encontram-se entre os utilizadores Internet mais activos, sendo que cerca de 80% dispõe de acesso a partir de casa. Mais de metade das crianças navega na Internet com pouca ou nenhuma supervisão e cerca de 25% já foi solicitada para encontros no mundo real com pessoas que conheceram através da Internet. Destes, 15% foram a esses encontros e quase dois em cada dez fizeram-no sem qualquer tipo de acompanhamento. Por outro lado, pesquisas efectuadas referem que cerca de 71% das crianças têm as suas próprias contas de correio electrónico e que 81% têm contas de correio electrónico gratuitas e baseadas na web, como por exemplo, no Hotmail. Destas, ao nível do fornecimento de dados pessoais, verifica-se que 86% indicaram o seu sexo, 68% forneceram os seus nomes verdadeiros, 29% as suas moradas e 20% os seus números de telefone.

Perante este quadro, a campanha inclui anúncios de televisão, rádio, imprensa e outdoor, concebidos gratuitamente por agências de publicidade, e encaminham os pais para o website da campanha. Os anúncios de televisão e rádio, em inglês e em francês, serão vinculados até Abril, enquanto os anúncios de imprensa sê-lo-ão até ao fim de Março.

No website da campanha é fornecida informação e ferramentas para auxiliar os pais a explicar aos filhos os riscos potenciais associados à Internet. Entre outras recomendações aconselham-se os pais a ensinarem as crianças a valorizarem e manterem os seus dados pessoais privados aquando da subscrição de contas de correio electrónico, da utilização de salas de chat e serviços de Instant Messaging. Outra das recomendações é a dos pais conhecerem os sites que os filhos visitam e a saberem com quem os filhos falam através da Internet. Tal implica os pais conhecerem as pessoas que figuram nas listas de contactos e endereços dos filhos e encorajarem estes a eliminarem aqueles que não conhecem e com quem nunca se encontraram.

Resumindo, é importante que os pais conheçam e compreendam os hábitos de utilização dos seus filhos e que se informem e actualizem relativamente a assuntos mais complexos e que actualmente não dominam. Como esta campanha demonstra, para motivar o envolvimento dos pais, é essencial o envolvimento da comunidade.

Logotipo do jornal A Capital
in Info&Net, A Capital, Lisboa, 30 de Janeiro de 2004



Artigos Anteriores:
> Dia Europeu Por Uma Internet Mais Segura
> Um Tipo de "Monumento" Que Se Dispensa!
> 10 Resoluções de Segurança Para 2004 - Parte II
> 10 Resoluções de Segurança Para 2004 - Parte I
> A Maior Ameaça à Segurança Online de Crianças e Jovens

Rotulado com ICRA - Internet Content Rationg Association
| Início | Recursos | Sobre | Mapa do Site |
                                                 © 2003-2007, Tito de Morais. Todos os Direitos Reservados.